Polícias Civil e Militar prendem dois suspeitos de cometer triplo homicídio em João Pessoa

Polícia Civil – (Foto: Secom-PB)

Uma ação conjunta das polícias Civil (DCCPES) e Militar (1º BPM) prendeu nesta sexta-feira, 2 de julho, dois homens suspeitos de assassinar Everton Noberto Oliveira, 28 anos, Wagner Ferreira Batista, 27 anos, e Marianni de Oliveira Martins, 29 anos. Os crimes ocorreram no dia 25 de maio deste ano, na ‘Comunidade do S’, no Baixo Róger, em João Pessoa.

Os suspeitos têm 22 e 29 anos de idade. Eles foram presos na mesma comunidade onde aconteceu o triplo homicídio. De acordo com as investigações, as três vítimas foram mortas a tiros na frente de duas crianças, que são filhos de Wagner e Marianni.

A delegada Daniella Vicunna disse que as prisões foram decretadas pelo prazo de 30 dias, por força de representação de Prisão Temporária oriunda da Delegacia de Crimes contra a Pessoa da Capital.

“Foi um crime bárbaro que resultou na morte do casal e do seu vizinho, praticado na presença de crianças. A prisão temporária dos suspeitos será essencial para conclusão do inquérito policial nesse prazo de 30 dias, significando maior segurança para familiares, testemunhas e inclusive moradores da região onde o crime ocorreu”, disse a delegada.

Uma suposta dívida de drogas seria a motivação do triplo assassinato, o que está sendo investigado pela Polícia Civil.

Assessoria