Em Carnaúba dos Dantas, ciclista é atropelada por moto e condutor foge sem prestar socorro no interior do RN, diz família

Caso aconteceu na tarde de domingo (9), na BR-427, no município de Carnaúba do Dantas. Vítima está internada na UTI do Hospital Walfredo Gurgel, em Natal.

Uma ciclista de 39 anos ficou gravemente ferida após ser atingida por uma motocicleta enquanto pedalava na BR-427, no município de Carnaúba dos Dantas, na região Seridó potiguar, na tarde desse domingo (9).

Testemunhas contaram que após bater em Fabíola Silva de Medeiros o condutor da moto fugiu sem prestar socorro.

O acidente aconteceu por volta das 16h20. Segundo Assuero Silva, irmão da ciclista, que ficou ferida, ela estava pedalando com a mãe e uma amiga. Quando elas passavam no trecho da rodovia que dá acesso a Serra da Rajada, uma comunidade rural, ela foi atingida.

“Um pessoal de Caicó viu na hora o acidente. Quando eu cheguei lá no local eles me contaram que parecia que ele tinha feito de propósito. Bateu nela e fugiu. E ele estava sem capacete”, contou o irmão.

A mãe de Fabíola estava mais à frente e só percebeu quando o acidente já tinha acontecido, vendo a filha e a amiga dela caídas.

“Eu parei e olhei para trás e já estavam todas duas no chão. Só sei dizer da agonia que passei vendo o estado da minha filha”, contou a mãe, França da Glória.

Nidiane Medeiros, era a ciclista que vinha logo atrás de Fabíola e viu o momento da colisão.

“Quando eu olhei para trás eu vi uma moto em alta velocidade. Quando ela passou por mim, eu já me desequilibrei. E quando eu olhei para frente ele jogou a moto com muita velocidade para cima da ‘bike’ dela. Tinha muito espaço para ele, a pista estava vaga. Foi agressivo de propósito. Foi com muita crueldade”, contou Nidiane.

Quando viu a amiga bater com a cabeça no chão, ela desmaiou. Nidiane também foi socorrida ao hospital de Currais Novos, mas sofreu apenas arranhões pelo corpo e já está em casa.

Já Fabíola passou por uma cirurgia na cabeça e está internada na UTI do Hospital Walfredo Gurgel, em Natal. De acordo com a família, o estado de saúde dela é considerado estável.

Até a última atualização dessa reportagem, o motociclista não tinha sido identificado.

Familiares da vítima informaram que devem ir até a delegacia da Polícia Civil para registrar um Boletim de Ocorrência na manhã desta segunda-feira (10).

Por g1 RN