Dois irmãos são presos com quase 700 mil unidades de cigarros contrabandeados, no Sertão da PB

Dois irmãos são presos com quase 700 mil unidades de cigarros contrabandeados, no Sertão da PB — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Dois irmãos foram presos na noite da sexta-feira (16) suspeitos de contrabando de cigarros, em Coremas, no Sertão da Paraíba. Segundo a Polícia Civil, com a dupla foram apreendidas quase 700 mil unidades de cigarros contrabandeados, duas espingardas, dois revólveres e R$ 124.255,00 entre dinheiro e talões de cheques.

Conforme a polícia, todo o material foi encontrado na casa de um dos suspeitos. Os irmãos, de 45 e 50 anos, foram presos em flagrante. De acordo com o delegado Diego Beltrão, a ação é um desdobramento de outra apreensão feita pela Polícia Civil, em maio deste ano, que investiga um roubo de 30 toneladas de ferro, desviadas de uma empresa do Ceará.

“É um grupo que vinha atuando em várias modalidades criminosas, acumulando fortuna por meio de ações ilícitas. Sabemos que existem mais pessoas envolvidas, e elas podem ser presas a qualquer momento”, disse o delegado.

Além do flagrante, contra os irmãos a Polícia Civil cumpriu quatro mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça. A ação foi realizada pelas equipes da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRACO) e o Grupo Tático Especial (GTE) de Patos.

Os irmãos presos e todo o material apreendido foram levados para a sede da 3ª Superintendência de Polícia Civil em Patos, no Sertão, onde permanecem à disposição da Justiça.

Por G1 PB