Bonecas feitas em homenagem a Juliette são doadas a crianças em casa de acolhimento, na Paraíba

Bonecas feitas em homenagem a Juliette e doadas a crianças em casa de acolhimento na Paraíba — Foto: TJPB/Divulgação

Bonecas de pano feitas em homenagem a Juliette Freire, campeã do Big Brother Brasil 21, foram doadas para crianças acolhidas na Casa da Esperança III, em Campina Grande, cidade onde a paraibana nasceu. Os brinquedos foram produzidos pelas detentas do presídio Júlia Maranhão, em João Pessoa.

A iniciativa foi da Vara da Infância e Juventude da comarca de Campina. A entrega foi feita pelo juiz Juiz Perilo Lucena. O magistrado informou que a intenção é chamar a atenção da sociedade para o projeto de apadrinhamento de crianças e adolescentes abrigados em unidades distruídas pelo município.

O juiz disse ainda que escolheu as bonecas da paraibana porque ela representa resistência e fé para as crianças.

“As jovens crianças não assistiram a Juliette na TV, mas terão em seus braços o exemplo de uma mulher guerreira, de origem humilde, que enfrentou muitas dificuldades e venceu. Que elas todas sejam, também, grandes vencedoras como Juliette”, disse.

O projeto Castelo de Bonecas é desenvolvido pela Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) da Paraíba com o objetivo de promover a ressocialização das reeducandas detentas no presídio Júlia Maranhão através da arte.

Casas de acolhimento

Ao todo, Campina Grande mantém quatro casas de acolhimento, chamadas de “Casas da Esperança”, onde são abrigadas crianças e adolescentes vítimas de abandono, maus tratos e violência.

As casas possuem uma triagem por idade e gênero e estão adaptadas para atender às necessidades dos acolhidos e mantê-los sob a proteção.

Por G1 PB