Header Ads

Consórcio Nordeste apresentará proposta para compra de 39 milhões de doses da vacina Sputnik, diz governador da Paraíba

 

Governador João Azevêdo em reunião com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello — Foto: José Marques/Secom-PB

O governador da Paraíba, João Azêvedo, anunciou que o Consórcio Nordeste apresentará nesta sexta-feira (12) proposta ao Fundo Soberano Russo para comprar 39,6 milhões de doses da vacina Sputnik V.

Azevêdo disse que as doses seriam incorporadas ao Plano Nacional de Imunização.

O imunizante já está sendo aplicado em outros países, mas ainda não obteve a aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

De acordo com João Azevêdo, a negociação com o Fundo Soberano Russo começou ainda no ano passado e teve como principal articulador o governador baiano Rui Costa. Ele explica também que a compra e a entrega dos imunizantes tornam-se possível depois da aprovação e sanção da Lei nº534, de 2021, que autoriza a compra de vacinas por pessoas jurídicas de direito privado.

O governador disse que a compra vai garantir a continuidade da vacinação no país. "O Brasil precisa, mais do que nunca, de união e vacina. É assim que venceremos essa pandemia", escreveu.

O governo brasileiro estima contar com 22 milhões a 25 milhões de vacinas em março, "podendo chegar a 38 milhões", fornecidas pelo Butantan e pela Oxford/Astrazeneca. A quantidade é menor do que a última previsão divulgada pelo Ministério da Saúde, no dia 6 de março, de 30 milhões de doses. A redução é a quinta feita nas previsões de doses a serem entregues no mês de março.

Até agora o Brasil vacinou 9,29 milhões pessoas com a primeira dose da vacina contra Covid-19. O número representa 4,39% da população brasileira. Os dados são do consórcio de veículos de imprensa. O coronavírus já matou 273.124 pessoas desde o início da pandemia, em março de 2020.

Por G1 PB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.