Header Ads

Secretário de Saúde alerta que o processo de contaminação irá piorar nos próximos 15 dias.

 

Reprodução


O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros afirmou em entrevista concedida nesta segunda-feira (22), que o processo de contaminação pela variação do coronavírus que promove a maior propagação, irá piorar dentre dos próximos dias, daí a necessidade de medidas mais restritivas para conter esse avanço.

Segundo ele, “ninguém tenha a inocência de pensar que as coisas vão melhorar, porque não vão. Isso é reflexo de fatores, a exemplo da variação do vírus e de aglomerações provocadas durante as festas carnavalescas“.

Inscreva-se em nosso canal do Youtube: Clique aqui!

“Na segunda quinzena de março, infelizmente, nós teremos mais mortes decorrente das atitudes indevidas durante o carnaval. É o pior momento e não podemos permitir que o cidadão não tenha leito de hospital disponível, fato este que nós conseguimos evitar ao logo de um ano”, disse.

Indagado porque Campina Grande ficou de fora da rodada de medidas preventivas, o secretário destacou que o município tem uma ocupação hoje de 47% dos leitos de UTI Adulto e que a geografia da cidade é diferente da Grande João Pessoa, em função de que nessa região se tem maior número de pontos de aglomeração por conta da orla marítima.

“Mas qualquer setor da Paraíba, o decreto contemplará. Campina Grande se encontra na bandeira amarela e João Pessoa na bandeira laranja, então as medidas são distintas. Todos os municípios deverão obedecer ao Plano de Contingenciamento do Estado. Quem está sob a bandeira amarela, que já tem as restrições determinadas e quem tiver com a bandeira laranja vai obedecer a esse novo decreto”, explicou.

 

Paraíba Online



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.