Header Ads

Governador da Paraíba avisa que quer vacinar todo o grupo prioritário do estado até maio

João Azevêdo em reunião com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello — Foto: José Marques/Secom-PB

 A expectativa do governador João Azevêdo (Cidadania) é vacinar todo o grupo prioritário da Paraíba até maio. Mas ele pondera: isso só acontecerá caso o Ministério da Saúde cumpra a promessa feita nesta quarta-feira (17) de entregar aos estados 200 milhões de doses de vacinas aos estados até junho.

Esse posicionamento do governador paraibano foi publicado em sua conta numa rede social, pouco depois de uma reunião remota que houve à tarde entre os governadores e o ministro da Saúde Eduardo Pazuello.

Inscreva-se em nosso canal do Youtube: Clique aqui!

“Em reunião com o Fórum de Governadores, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, apresentou o cronograma para entrega de até 200 milhões de doses da vacina até junho. Em função do que foi apresentado, a Paraíba terá doses suficientes para vacinar todo grupo prioritário até maio. Sempre ressaltando que isso está atrelado ao cumprimento do cronograma de entregas do Ministério da Saúde”, escreveu.

A conclusão dele sai de cálculo feito pela Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba sobre a parte desse montante que será destinada ao estado.

Segundo informação de dezembro do próprio Governo da Paraíba, que consta no Plano Estadual de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, publicado em dezembro de 2020, a Paraíba tem aproximadamente 1,2 milhão de pessoas nos diferentes grupos prioritários.

Isso indica que o ritmo de vacinação precisará aumentar em muito para que a meta seja atingida. Com um mês de início da vacinação no país, a Paraíba vacinou até agora 98.605 pessoas.

As duas próximas entregas de vacinas, segundo o Ministério da Saúde, acontecerão nos meses de fevereiro e março: dois milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca, importadas da Índia; e 9,3 milhões de doses da Sinovac/Butantan, produzidas no Brasil. Já no mês de março, conforme o ministério, são aguardadas 18 milhões de doses do Instituto Butantan e outras 16,9 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca.

Por G1 PB


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.