Header Ads

Paraíba registra mais 464 casos de coronavírus em 24h

 

Novo coronavírus (Foto: Divulgação/OMS)

A Paraíba contabilizou, nas últimas 24 horas, mais 464 casos confirmados de Covid-19, totalizando 122.273. O número de óbitos em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus subiu de 2.835 para 2.842 entre essa quinta (1º) e esta sexta-feira (2). Os dados foram divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).

De acordo com o boletim da SES, 97.408 pessoas já se recuperaram da doença. A última atualização aponta que 375.224 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados na Paraíba.

Inscreva-se em nosso canal do Youtube: Clique aqui!

Resumo | Últimas 24h na Paraíba

  • Confirmados: 122.273 (eram: 121.809)
  • Descartados: 167.132 (eram: 166.146)

Dentre os casos confirmados:

  • Recuperados: 97.408 (eram: 96.725)
  • Isolados em casa: 21.798 (eram: 22.018)
  • Internados: 225 (eram: 231)
  • Mortos: 2.842 (eram: 2.835)

Mortes

Dos sete óbitos confirmados nesta sexta-feira (2) pela SES, quatro ocorreram nas últimas 24 horas. Os pacientes tinham idade entre 62 e 94 anos. Dois deles tinham menos de 65 anos. Diabetes foi a comorbidade mais frequente. As vítimas são três homens e quatro mulheres. Quatro delas não possuíam ou não informaram às autoridades sanitárias, comorbidades.

Ocupação de leitos

A ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto, pediátrico e obstétrico em todo o estado é de 33%. Se for feito um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa (RMJP), 32% estão ocupados. Em Campina Grande, estão ocupados 37% de leitos de UTI adulto, e, no Sertão, 41%.

Leitos para Covid-19 ativos em todo o estado

  • Enfermaria: 504 (121 ocupados)
  • UTI: 308 (104 ocupados)

76,2% das cidades já registraram morte por Covid-19

De acordo com o boletim da SES, 170 Municípios já registraram pelo menos um óbito por coronavírus desde o início da pandemia. O dado mostra que 76,2%, dos municípios paraibanos já computaram mortes pela doença.

Portal Correio

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.