Header Ads

Dia Mundial de Combate à Poliomielite é comemorado neste sábado e SES reforça importância da vacinação.

 

Foto: Erasmo Salomão/Ministério da Saúde/ Divulgação/ BBC

O dia 24 de outubro é dedicado ao combate à poliomielite, doença contagiosa aguda causada pelo poliovírus e conhecida popularmente como paralisia infantil. Para celebrar a data, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) reforça a importância da vacina e lembra que os pais têm até dia 30 deste mês para levar seus filhos menores de 5 anos de idade a um posto de saúde para vacinar.

De acordo com gerente executiva de Vigilância em Saúde, Talita Tavares, a estratégia adotada para a eliminação do vírus no Brasil foi centrada na realização de campanhas de vacinação em massa com a vacina oral poliomielite (VOP). A primeira Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite ocorreu em 14 de junho de 1980. Como resultado dessas ações, o último caso de poliomielite pelo vírus selvagem no país ocorreu na Paraíba em 1989, no município de Sousa. Em 1994, o país recebeu o certificado de área livre da circulação do poliovírus selvagem. Desde então, o Brasil assumiu o compromisso de contribuir com a erradicação global da doença, mantendo a vigilância das paralisias flácidas agudas (PFA) ativa.

Inscreva-se em nosso canal do Youtube: Clique aqui!

“É importante manter as coberturas vacinais altas e homogêneas. Se a população estiver imunizada, o risco de reintrodução da doença cai. Existem dois países no mundo que ainda apresentam casos de polio, o Paquistão e o Afeganistão. Com a facilidade de locomoção que existe atualmente, se essa cobertura não estiver alta, o vírus pode ser reintroduzido em nosso território. Reforçamos que a SES recomenda às unidades de PFA a busca ativa de casos através da análise semanal dos registros em saúde com a finalidade de identificar precocemente casos suspeitos e adoção de medidas de controle oportunas”, pontua.

Este ano, até a Semana Epidemiológica (SE) 42, a Paraíba teve 10 registros de notificação de casos suspeitos, sendo 8 descartados e 2 ainda seguem em investigação. A meta da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite é de vacinar 95% do grupo alvo de forma indiscriminada. Até o momento, a cobertura da Paraíba é de 44,16%, a mais alta do Nordeste e a terceira do Brasil. O município de Boqueirão ultrapassou a meta e está com a cobertura de 109,24%. Em todo o estado, mais sete municípios apresentam cobertura adequada: Tenório, Areia de Baraunas, Boa Ventura, Zabele, Salgadinho, Dona Inês e Matureia.

Poliomielite - A poliomielite ou “paralisia infantil” é uma doença infectocontagiosa viral aguda, caracterizada por um quadro de paralisia flácida, de início súbito. O déficit motor instala-se subitamente e sua evolução, frequentemente, não ultrapassa três dias. Acomete em geral os membros inferiores, de forma assimétrica, tendo como principal característica a flacidez muscular, com sensibilidade conservada e arreflexia no segmento atingido.

 

Assessoria


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.