Header Ads

'Onde iremos parar?', questiona João Azevêdo após demissão de Teich

Governador João Azevêdo (Foto: Reprodução/Vídeo)
O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), usou o Twitter para lamentar as instabilidades do governo de Jair Bolsonaro (sem partido). Os problemas se tornaram ainda mais evidentes com a rotatividade na chefia do Ministério da Saúde, no curso da pandemia do novo coronavírus, que já matou quase 14 mil pessoas em todo o Brasil, até a tarde desta sexta-feira (15), e é a maior crise de saúde pública do mundo no século.
Infelizmente um mês sem avançarmos e agora mais um vácuo que será criado na Gestão da Saúde do país, no pior momento da Crise Sanitária vivida pelo Brasil. Onde iremos parar?

113 pessoas estão falando sobre isso
O ministro da Saúde, Nelson Teich, informou por meio de nota que pediu exoneração nesta sexta-feira (15). Ele assumiu há menos de um mês, em 17 de abril, após a demissão de Luiz Henrique Mandetta da Pasta.
O ministro esteve no Palácio do Planalto para conversar com Jair Bolsonaro às 11h. De acordo com fontes, o secretário executivo da pasta, general Eduardo Pazuello, foi convidado para substituir Teich. Ele assume interinamente.

O Brasil teve 844 novos registros de mortes na quinta-feira (14) e total chegou a 13.993. O resultado representou um aumento de 6,4% em relação a quarta-feira (13), quando foram contabilizados 13.149 mil falecimentos pela Covid-19. A Paraíba contabilizava até a tarde desta sexta-feira (15) 3.361 casos confirmados de coronavírus, em 125 cidades do estado, com 160 mortes.
Portal Correio

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.