Header Ads

Exame confirma morte de arcebispo emérito da PB, Dom Aldo Pagotto, por coronavírus

Dom Aldo Pagotto — Foto: Francisco França/Jornal da Paraíba
Um exame confirmou que o arcebispo emérito da Paraíba, Dom Aldo Pagotto, morreu por Covid-19, doença causada novo coronavírus. A informação foi confirmada ao G1 pela assessoria da Arquidiciose do estado. Dom Aldo estava internado na Unidade de Terapia Intensiva de um hospital particular em Fortaleza, no Ceará, após o agravamento de uma crise de insuficiência respiratória.

O corpo dele foi liberado e levado imediatamente para o mausoléu localizado na Igreja Santuário de São Benedito, em Fortaleza. O procedimento segue as determinações das autoridades públicas sanitárias e de saúde, de acordo com a assessoria da Arquidiocese.

O corpo de Dom Aldo ficará enterrado no local até que possa ser transferido para a Catedral Basílica de Nossa Senhora das Neves, em João Pessoa.

G1 entrou em contato com a Secretaria de Estado da Saúde (SES) do Ceará que informou que a comunicação sobre a confirmação do caso está sendo feita pelas arquidioceses da Paraíba e do Ceará.

Em nota, a Unimed Fortaleza informou que Dom Aldo foi internado devido a um quadro de pneumonia no hospital no dia 1° de abril e morreu nesta terça-feira (14), às 14h, em decorrência de infecção respiratória.

Segundo a Arquidiocese de Fortaleza, Dom Aldo enfrentava um tratamento contra um câncer e na noite de segunda-feira (13) apresentou dificuldade respiratória, sendo entubado e transferido para a UTI.

Dom Aldo morreu aos 70 anos, em Fortaleza, onde viveu desde que renunciou o cargo de arcebispo e exercia o ministério no Santuário São Benedito, no centro da capital cearense.

Por G1 PB


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.