Header Ads

Exame descarta coronavírus em paciente internado em João Pessoa, diz secretaria

Clementino Fraga (Foto: Divulgação)
Um exame descartou que o paciente de 59 anos que estava internado no Hospital Clementino Fraga, em João Pessoa, esteja infectado pelo novo coronavírus. O resultado do exame feito pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgada nesta sexta-feira (28) confirmou que o paciente tem um problema respiratório comum.

caso do paciente de 59 anos era o único sob investigação na Paraíba até a manhã desta sexta-feira. Ainda de acordo com a SES, o resultado do exame vai ser encaminhado para o Ministério da Saúde (MS). Mesmo com a suspeita de coronavírus descartada, o paciente seguia internado no Hospital Clementino Fraga e seu quadro clínico era estável, de acordo com a assessoria do hospital.

Casos só são oficialmente reconhecidos como suspeitos após confirmação do Ministério da Saúde, o que não ocorreu. Os números divulgados pelas secretarias estaduais e o Ministério da Saúde não são necessariamente iguais, já que os órgãos têm horários e procedimentos distintos para apresentação de seus boletins diários.

O paciente esteve no Norte da Itália entre os dias 14 e 23 de fevereiro, e chegou no Brasil na segunda-feira (24), em um voo internacional com destino a Recife. Ao retornar a João Pessoa, apresentou sintomas de resfriado e na terça-feira (25) foi internado no Clementino Fraga para que fosse investigado se havia presença do novo coronavírus.

Por conta da suspeita, a família do paciente também ficou em quarentena por 14 dias. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, a medida foi necessária para evitar uma possível contaminação de outras pessoas e para quebrar a cadeia de transmissão.

O Complexo de Doenças Infectocontagiosas Clementino Fraga, onde o paciente está internado, é uma unidade preparada para atender casos suspeitos de coronavírus, conforme plano estadual para notificação e assistência divulgado pela SES em janeiro. Qualquer caso que se encaixe no perfil deve ser transferido para o hospital.

Além do Clementino Fraga, o Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW), também em João Pessoa, está apto para atender casos suspeitos exclusivamente em pacientes da pediatria.

Por G1 PB



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.