Header Ads

Cuité, Bananeiras e Itabaiana encerram ciclos de seminários do PB Rural.


Os municípios de Cuité, Bananeiras e Itabaiana encerram, na próxima semana, os Ciclos dos Seminários de Divulgação e Informações do Programa PB Rural Sustentável. Em Cuité, o evento acontecerá no dia 24, em Bananeiras dia 25 e Itabaiana dia 26. O objetivo é discutir as ações, metas e formas de apresentar demandas a serem priorizadas de acordo com os critérios estabelecidos pelo programa. Os seminários do PB Rural são realizados pelo Governo do Estado da Paraíba, por meio da Secretaria de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento do Semiárido (Seafds) e Projeto Cooperar.

Na cidade de Cuité, o 11º seminário acontece no auditório da UFCG – Sítio Olho da Bica e vai reunir agricultores e produtores rurais de Baraúna, Barra de Santa Rosa, Cubati, Cuité, Damião, Frei Martinho, Nova Floresta, Nova Palmeira, Pedra Lavrada, Picuí, São Vicente do Seridó e Sossego.

Em Bananeiras, o 12º evento será no auditório da UFPB – Campus III, contando com a participação de representantes dos seguintes municípios: Algodão de Jandaíra, Areia, Alagoinha, Araçagi, Arara, Araruna, Bananeiras, Belém, Borborema, Cacimba de Dentro, Caiçara, Casserengue, Cuitegi, Dona Inês, Duas Estradas, Esperança, Guarabira, Logradouro, Pilões, Pilõezinhos, Pirpirituba, Riachão, Remígio, Serra da Raiz, Serraria, Solânea e Tacima.

O 13º seminário, em Itabaiana, será realizado na Maison Finesse – Avenida Brasília, 14, e foram convidadas as cidades de Caldas Brandão, Gurinhém, Ingá, Itabaiana, Itatuba, Juarez Távora, Juripiranga, Mogeiro, Mulungu, Pilar, Riachão do Bacamarte, Salgado de São Félix, São José dos Ramos, São Miguel de Taipu e Serra Redonda. Os seminários acontecem das 8h às 12h.

O secretário da Agricultura Familiar, Luiz Couto, disse no seminário em Campina Grande que aquele momento era singular e estava feliz por estar participando dos seminários, e tem a certeza que esse trabalho de trazer o Cooperar para perto do agricultor e da agricultora, “foi uma decisão acertada do governador João Azevêdo, que está sendo desempenhada por toda a equipe do PB Rural Sustentável com apoio da Secretaria da Agricultura Familiar e do Desenvolvimento do Semiárido”.

Conforme o prefeito Tiago Castro, do município de Cabaceiras, que representou os prefeitos da região, “as associações e as cooperativas estão precisando exatamente desse suporte, e das ações que serão desenvolvidas pelo PB Rural, no início do próximo ano”. Tiago enfatizou também que os agricultores e os pequenos produtores rurais têm projetos e ideais importantes e interessantes, além de iniciativas produtivas. “Eles precisam que esses recursos cheguem de forma eficiente nas suas comunidades”, ressaltou.

O deputado estadual e presidente da Frente Parlamentar da Água e da Agricultura Familiar, Jeová Campos, que representou a Assembleia Legislativa do Estado da Paraíba, fez uma explanação do trabalho que vem realizando na Frente Parlamentar e disse que o PB Rural é muito importante para a agricultura familiar, e irá ajudar no que for necessário para que seja exitoso. Jeová disse ainda que a Assembleia está nessa parceria com PB Rural Sustentável, “porque é de nível de diálogo, sincero, amigo e comprometido com o trabalho na zona rural”.

Já o coordenador geral do Projeto Cooperar, Omar Gama, após historiar a habilidade do governador João Azevêdo em resolver em tempo hábil as pendências para a assinatura do empréstimo do Cooperar III, pediu aos beneficiários para que cumpram os prazos dados para não atrapalhar o andamento do projeto. Omar, salientou que até o final da próxima semana serão encerrados os seminários, que cobrem todos os 222 municípios do Estado. Ele frisou, que a partir do mês de outubro, a equipe do PB Rural estará se reunindo com os presidentes dos conselhos de desenvolvimento rurais.

Após as apresentações das estratégias de implementação do Programa PB Rural, foram realizadas as exposições dos técnicos do Cooperar sobre o Fortalecimento Institucional, pela coordenadora Nalfra Batista; Salvaguardas Socioambientais, pela coordenadora, Glaucia Olímpio; Acesso à Água e Redução da Vulnerabilidade Agroclimática, pelo técnico Marcos Feitosa; e Alianças Produtivas, pela coordenadora Valdecy Freire.

Em seguida aconteceu uma roda de conversas entre os técnicos do Cooperar e os representantes dos municípios envolvidos, coordenada pelo gerente de Planejamento, Gestão e Monitoramento, Flávio Luna. O prefeito de Caraúbas, Silvano Dudu, Jeferson Roberto, de São José dos Cordeiros e o vice-prefeito de Ouro Velho, Flávio Henrique. O chefe de gabinete, Marcílio Nóbrega, e o coordenador de Tecnologia da Informação, Eduardo Vicentin, também estavam presentes.

Campina Grande – O município de Campina Grande fechou, nesta quinta-feira (19), a 3ª semana dos Seminários do Ciclo de Divulgação e Informações do PB Rural. O evento, que começou no dia 28 de agosto pela Capital do Estado da Paraíba, João Pessoa, seguiu por Cajazeiras, Sousa, Catolé do Rocha, Itaporanga, Patos, Princesa Isabel, Soledade, Sumé e Campina Grande, reunindo representantes dos Conselhos Municipais de Desenvolvimento Rural Sustentável; Organizações de Produtores Rurais (associações e cooperativas); Sindicatos dos Trabalhadores Rurais (STR) e agentes dos Poderes Legislativo e Executivo dos municípios envolvidos.

O 10º seminário em Campina Grande começou às 8h e se prolongou até as 12h, e acolheu no auditório da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep), na Rua Manoel Gonçalves Guimarães, 195 – José Pinheiro, mais de 250 agricultores e pequenos produtores rurais de Alagoa Grande, Alagoa Nova, Alcantil, Aroeiras, Boqueirão, Barra de São Miguel, Campina Grande, Cabaceiras, Fagundes, Gado Bravo, Lagoa Seca, Massaranduba, Matinhas, Natuba, Olivedos, Puxinanã, Queimadas, Riacho de Santo Antônio, Santa Cecília e Umbuzeiro, pertencentes das regiões do Cariri, Brejo, Curimataú e Borborema.


Assessoria


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.