Header Ads

MEIO AMBIENTE - Programa da UFCG contribui para reflorestamento no Curimataú paraibano


Um programa de extensão realizado pelo Centro de Educação e Saúde (CES) da UFCG, campus Cuité, vem promovendo o reflorestamento e ajudando a combater a desertificação no Curimataú paraibano. Trata-se do programa Horto Florestal Olho D’Água da Bica CES/UFCG: educação ambiental, recuperação ambiental e sustentabilidade, desenvolvido por professores e estudantes do curso de Ciências Biológicas do CES.
Desde o ano de 2015, o programa capacita estudantes, funcionários do campus e a comunidade em geral para o desenvolvimento de diversas ações, tais como promover o repovoamento vegetal das áreas degradadas do Horto Florestal (Olho D’Água da Bica) de Cuité; proporcionar o reconhecimento de espécies arbóreas nativas e espécies exóticas e suas implicações para a preservação da Caatinga e, ainda, ampliar os métodos de armazenamento de sementes para a produção de mudas de espécies nativas, além de oferecer oficinas, minicursos e outras atividades de educação ambiental relativas à identificação, cultivo e plantio de árvores nativas.
Mulungu, Barriguda, Catingueira, Jucá, Umbuzeiro, Baraúna e Craibeira são exemplos de arvores que foram plantadas neste período. De acordo com o coordenador do programa, professor Carlos Alberto Garcia, até o momento, 5% da área de vegetação do Horto foi recuperada. As mudas são plantadas pelos alunos participantes do projeto, professores, alunos das escolas que visitam o Horto e membros da comunidade.
Também faz parte das atividades, o processo de compostagem - conjunto de técnicas aplicadas para estimular a decomposição de materiais orgânicos. Ao longo deste tempo, foram produzidos aproximadamente 10 metros cúbicos de composto para ser utilizado como substrato para o cultivo de mudas.
O programa de extensão também atua junto a escolas da rede pública e privada dos municípios de Cuité, Nova Floresta, Jaçanã, Picuí, a fim de estimular a participação da comunidade escolar na educação e recuperação ambiental.
Ao longo de seu período de vigência, já foram realizadas cerca de 30 trilhas no Horto, com participação de 10 escolas da educação básica do estado da Paraíba e Rio Grande do Norte, além do Instituto Federal da Paraíba (Picuí-PB) e Escola Técnica Estadual de Cuité, totalizando mais de 800 visitantes, entre alunos e professores. Além das trilhas, os estudantes destas instituições visitam o Pátio de compostagem e a Casa de Vegetação do CES.
Projeto de arborização em outras áreas
No campus Cuité da UFCG, também é executado um subprojeto que consiste no plantio de mudas para outras localidades, além do Olho d’Água da Bica.  Na Casa de Vegetação do CES, já foram produzidas mais de 700 mudas de plantas nativas, as quais foram doadas, na maior parte para projetos de recuperação de áreas e arborização urbana em Campina Grande, João Pessoa e Baraúna, no estado da Paraíba e São Bento do Trairi no Rio Grande do Norte. Para o Horto Florestal do CES foram enviadas cerca de 50 mudas.

Ascom CES/UFCG


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.