Header Ads

PB terá R$ 1,9 bilhão para 11 obras hídricas até 2026

Barragem de Camará está entre as que receberão recursos (Foto: Divulgação/Secom-PB)
A Paraíba vai ter mais de R$ 1,9 bilhão em recursos para obras de adutoras, barragens, ramais e canais presentes dentro do Plano Nacional de Segurança Hídrica (PNSH), lançado pelo Governo Federal neste mês.
Segundo o Ministério do Desenvolvimento Regional, o PNSH foi pensado para promover a minimização de perdas econômicas causadas por cheias e secas.
O documento traz 11 obras, como o Sistema Adutor Transparaíba, eixo norte da transposição do São Francisco e estudo para aproveitamento de recursos hídricos em João Pessoa, que deverão ser implantados a partir deste ano, com obras que seguem até 2026.
“Com o Plano, identificamos obras prioritárias e estruturantes para garantir segurança hídrica à população brasileira no futuro. Elaboramos um roteiro para o acompanhamento da execução desses empreendimentos. Acredito que, com o PNSH, temos instrumentos para fazer uma gestão melhor e mais eficiente dos recursos hídricos e financeiros”, afirmou o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto.

Veja abaixo a relação das obras:

Adutora Pajeú: custo de R$ 24,57 milhões com obras de 2019 até 2020. Vai beneficiar a Paraíba e Pernambuco.
Barragem Bujari: custo de R$ 29,53 milhões com obras de 2019 até 2026. Vai beneficiar a Paraíba e Rio Grande do Norte.
Canal Acauã-Araçagi/Vertentes Litorâneas trecho 1 e 2: custo de R$ 426,32 milhões com obras de 2019 até 2022.
Canal Acauã-Araçagi/Vertentes Litorâneas trecho 3: custo de R$ 18,50 milhões com obras de 2019 até 2020.
Ramal do Piancó: custo de R$ 240,27 milhões com obras de 2019 até 2026.
Sistema adutor Transparaíba (Ramal Cariri): custo de R$ 330 milhões com obras de 2019 até 2024.
Sistema adutor Transparaíba (Ramal Curimataú): custo de R$ 371 milhões com obras de 2019 até 2020.
Sistema adutor de Campina Grande: custo de R$ 93,22 milhões com obras de 2019 até 2026.
Sistema adutor Nova Camará: custo de R$ 96,49 milhões com obras de 2019 até 2020.
Sistema adutor Abiaí-Papocas: custo de R$ 62,83 milhões com obras de 2019 até 2020.
Eixo norte da transposição trechos 1 e 2: custo de R$ 244,89 milhões com obras de 2019 até 2020.
Estudo de aproveitamento de recursos hídricos para a Região Metropolitana de João Pessoa com a Barragem Cupissura: custo de R$ 3 milhões com período de estudo em 2019 e 2020.
Portal Correio

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.