Header Ads

Pacotes sem identificação são encontrados em praias da PB e entregues à Polícia Federal

Pacotes estão sendo encontrados em praias da Paraíba, de acordo com o Ibama — Foto: Walter Paparazzo/G1
Pelo menos nove pacotes sem identificação foram encontrados em praias da Paraíba, até este sábado (27), de acordo com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Segundo a divisão técnica do órgão no estado, uma coordenação nacional de emergências ambientais está monitorando o caso, uma vez que foram encontrados volumes parecidos em Pernambuco e Alagoas.
O chefe da divisão técnica do Ibama na Paraíba, Geandro Guerreiro, informou que há registros dessas ocorrências nas praias de Formosa e Camboinha, no município de Cabedelo; Cabo Branco e Jacarapé, em João Pessoa; em Lucena; e em Baía da Traição. Embora não esteja na lista divulgada, na manhã deste sábado, banhistas também encontraram um pacote na praia do Bessa, em João Pessoa.
O instituto participou do recolhimento em dois casos e o material, que segundo Geandro Guerreiro aparenta ser látex de borracha ou outro derivado sintético, foi entregue à Polícia Federal para passar por perícia.
Conforme ele explicou, no momento, o Ibama está trabalhando com duas hipóteses que podem indicar a origem desses pacotes: o naufrágio de um navio que os transportava, o que ainda não foi confirmado pela Marinha, e o descarte ilegal do material.
O chefe da divisão técnica do Ibama ainda declarou que o responsável pode ser multado por crime ambiental e que o caso deve continuar sendo acompanhado pela Polícia Federal.
A assessoria de imprensa da Polícia Federal e a Capitania dos Portos da Paraíba informaram que, no momento, não vão se pronunciar sobre o assunto.

No Litoral do Nordeste

Pacotes parecidos com esses foram encontrados em outros pontos do litoral nordestino. Em Alagoas, onde análises apontaram que se trata de material sintético derivado de petróleo, foram encontrados 75 volumes. Já em Pernambuco, foram três.

G1 PB



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.