Header Ads

Programa Farmácia Popular é fechado em 27 estabelecimentos na Paraíba

Programa Farmácia Popular foi um programa criado para ajudar na compra de medicamentos (Foto: Heloísa Casonato/G1/Arquivo)
O governo federal desligou o programa Farmácia Popular do Brasil - Aqui Tem Farmácia Popular em 27 estabelecimentos paraibanos em 12 cidades. O fechamento do programa na Paraíba consta em um despacho assinado pelo secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, Marco Antônio de Araújo Fireman, publicado no Diário Oficial da União de sexta-feira (18).
A cidade mais afetada com o corte é João Pessoa, que tinha 11 farmácias conveniadas ao programa. Campina Grande, com cinco farmácias cortadas, é a segunda cidade da Paraíba mais prejudicada.
Em todo o Brasil, o programa foi fechado em 1.729 farmácias, correspondendo a cerca de 5% do total dos mais de 31 mil estabelecimentos que tinham convênio com o programa Farmácia Popular do Brasil em todo país. Em nota, o Ministério da Saúde informou que os estabelecimentos que perderam a credencial apresentavam "alguma irregularidade ou indícios de fraude".
Ainda de acordo com o ministério, a expectativa é reduzir os custos de R$ 500 milhões por ano com os cortes, o equivalente a um sexto do orçamento anual do programa, que é de R$ 3 bilhões.

Farmácia Popular do Brasil

O Programa Farmácia Popular do Brasil foi criado com o objetivo de oferecer mais uma alternativa de acesso da população aos medicamentos considerados essenciais. O Programa atende cerca de 10 milhões de usuários por mês, através de 31.081 estabelecimentos credenciados, com conexão de vendas ativa, em 4.381 municípios brasileiros.

Cidades da Paraíba afetadas com o corte

  1. João Pessoa
  2. Campina Grande
  3. Queimadas
  4. Sapé
  5. Guarabira
  6. Itabaiana
  7. Condado
  8. Bayeux
  9. Patos
  10. Rio Tinto
  11. São Miguel de Taipu
  12. Nova Palmeira

G1 PB


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.