Header Ads

Pedra Lavrada poderá ter usina para tratamento de lixo com investimentos de R$95 Milhões.


O prefeito do município de Pedra Lavrada, Jarbas de Melo Azevedo (PSD), assinou na tarde desta, sexta-feira, 04 de Maio, ao lado do presidente da Câmara Municipal de Pedra Lavrada Erivonaldo Macêdo (PSDB), e do vereador Marconi Buriti (PSD), um acordo básico de cooperação técnica, tecnológica e econômica para a implantação de uma Usina para o tratamento de resíduos sólidos urbanos, biológicos, contaminados e agrícolas para reciclagem em geração de Energia Elétrica com a empresa Russa LLC “LINAR”.

A empresa pretende se instalar em Pedra Lavrada para investir na área da produção de energia e também na de extração mineral. Dentre os pontos principais desse acordo entre o município de Pedra Lavrada e a empresa LLC LINAR, está o que a empresa LLC LINAR irá financiar integralmente a quantia de R$ 95 milhões de reais para a instalação, manutenção e operação da usina de processamento do lixo para ser transformado em eletricidade através de uma “Sociedade de Propósito Especifico” (SPE), entre a LLC LINAR e a Prefeitura Municipal de Pedra Lavrada- (PMPL).

A duração da SPE será de setenta anos renovável pelo mesmo período no município de Pedra Lavrada. O acordo deixa claro que a Prefeitura de Pedra Lavrada, será a grande responsável pelo fornecimento mínimo de 100 toneladas diárias de resíduos para o processamento na usina. Para atingir a meta mínima, o município poderá celebrar convênios com outros municípios brasileiros para que destinem seus resíduos para o município de Pedra Lavrada.

A Prefeitura de Pedra Lavrada terá direito a 10% das ações da SPE enquanto que a empresa LLC LINAR terá direito a 90% das ações. A SPE será remunerada pelas toneladas de resíduos recebidos e também pela venda da energia elétrica e outros derivados resultantes do processamento dos resíduos.

Depois de assinado o acordo, a Prefeitura de Pedra Lavrada agora tem o prazo de noventa dias, para realizar a doação de 18 hectares de área, algo em torno de dezoito campos de futebol, para a instalação da usina, como também, auxiliar a SPE na obtenção das licenças necessárias para a implantação da mesma no município com a permissão dos órgãos fiscais da Paraíba.

O prefeito Jarbas Melo, pegou a todos os munícipes lavradense de surpresa com a notícia do acordo durante entrevista concedida a Rádio Boa Esperança FM, no último sábado dia 28 de Abril.  O prefeito acredita que o tratado entre o município e a empresa vai dá certo e que os municípios vizinhos vão poder também sair beneficiados com a oportunidade de resolverem, de uma vez por todas, a determinação do Ministério Público e da Sudema no que diz respeito aos lixões municipais. O prefeito também diz que a implantação da usina no município trará renda para os munícipes, já que a mesma precisará de mão de obra para sua implantação e funcionamento.

O acordo entre o município de Pedra Lavrada e a empresa LLC LINAR, é um assunto que merece e deve ser debatido de forma exaustiva pelos moradores do município de Pedra Lavrada, afinal de contas, é preciso uma avaliação detalhada e precisa sobre os estudos dos impactos ambientais que a chegada da usina trará para o meio ambiente do município.

A Câmara Municipal de Pedra Lavrada tem a obrigação constitucional de levantar todos os pontos positivos e negativos sobre o acordo firmado entre o prefeito e empresa para os munícipes tenham uma noção do que está prestes a receber em seu solo.

Veja uma cópia do acordo entre a prefeitura de Pedra Lavrada e a empresa LLC LINAR conseguida com exclusividade pelo site www.andersoneliziario.com e analise os demais pontos do acordo.



Por Anderson Eliziario


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.