Header Ads

Picuí: Palmas do programa ‘Campo Sustentável’ começam a se multiplicar.


A Prefeitura de Picuí, por meio do Governo da Participação e Secretaria de Agricultura, realizou nos últimos meses a distribuição de palmas resistentes a praga da cochonilha do carmim em várias comunidades rurais do município para a implantação dos campos de multiplicação em parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia da Paraíba – Campus Picuí (IFPB).

A ação faz parte do programa municipal ‘Campo Sustentável’ e já começou a dar os primeiros resultados através das chuvas. A logística utilizada é a distribuição de três tipos de palma nas diferentes regiões climáticas do município, a que se adapta melhor passa a ser multiplicada na pelos agricultores que receberam a planta. “Isso tem dado novos ares para o homem do campo porque hoje ele planta uma quantidade e um ano depois, ou até menos, poderá colher o dobro ou triplo do que plantou fazendo a distribuição para o gado no período de estiagem”, disse o Secretário de Agricultura, Ranieri Ferreira.

O município de Picuí licitou em 2017 a quantia de 100.000 raquetes de palma para ser distribuída nas comunidades rurais, sendo uma ação pioneira do estado da Paraíba. “O trabalho feito pela prefeitura está dando dignidade ao povo do campo e, através de técnicas modernas, atravessarem o período de estiagem que já dura sete anos”, disse o prefeito Olivânio Remígio.

Além da distribuição das palmas, o Governo da Participação também realiza a coleta do ‘lixo verde’ da zona urbana, oriundos das podas de arvores e coco, em que passa pelo processo de trituração, distribuição em leras e decomposição tendo como resultado final um adubo orgânico de alta qualidade nutritiva distribuído na zona rural e logradouros públicos do município. A ação da fábrica de solos diminuiu em 30% a quantidade de lixo no aterro controlado de Picuí, sendo um exemplo para outros municípios.



Ascom 


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.