Header Ads

PT deve reafirmar candidatura de Lula após julgamento no TRF-4


O PT deve reiterar a candidatura à Presidência de Luiz Inácio Lula da Silva no dia 25, um dia depois do julgamento do ex-presidente pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). O comando nacional do partido marcou uma reunião em São Paulo, com a presença de governadores, prefeitos e parlamentares petistas, para reforçar o lançamento de Lula, mesmo se o ex-presidente for condenado em segunda instância.
Ontem, o vice-presidente nacional do PT Alexandre Padilha voltou a descartar a possibilidade de um plano B do partido para disputar a eleição presidencial. "[A reunião da Executiva] vai confirmar que Lula é nosso candidato, independente da decisão do TRF-4", afirmou Padilha, em entrevista à rádio da Rede Brasil Atual.
No dia 24, o TRF-4 julgará recurso do ex-presidente contra a sentença do juiz federal Sérgio Moro. Lula foi condenado a nove anos e meio de prisão pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva. Se for condenado, o petista deve recorrer da decisão e manter sua candidatura à Presidência.
Ontem, manifestantes fizeram um ato em favor do ex-presidente na frente do tribunal onde ele será julgado em segunda instância, em Porto Alegre, e estenderam a faixa "TRF-4: interrompa o golpe". O PT e movimentos sociais marcaram uma série de atos pró-Lula e o principal deve acontecer na capital gaúcha um dia antes do julgamento, com uma caminhada e vigília. Lula ainda não definiu se irá a Porto Alegre.
Brasil 247


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.