Header Ads

Câmara de Bayeux arquiva pedido de cassação do mandato de Berg Lima

Com um placar de 11 votos favoráveis e 7 contrários, os vereadores da cidade de Bayeux arquivaram o processo de cassação do mandato do prefeito Berg  Lima (sem partido) no caso do vídeo onde o gestor foi flagrado pedido dinheiro a um fornecedor de alimentos da Prefeitura para poder liberar recursos não pagos pelo governo anterior.
A sessão foi realizada sobre muito protesto e tumulto fazendo com que a Polícia Militar chegasse a usar balas de borrachas para afastar os manifestantes.
Os vereadores Jeferson Kita, França, Adriano do Táxi, Lico, Netinho, Guedes, Zé Baixinho, tenente Ricardo, Uedson Orelha, Noquinha.
Já os parlamentares  Dedeta, Luciene de Fofinho, Cabo Rubens, Inaldo Andrade, Rony Alencar, Josauro foram contra o arquivamento do processo.
Berg Lima está afastado do cargo desde o dia 5 de julho quando foi preso em uma operação da Polícia Civil e do Ministério Público Estadual.
Ele foi solto no dia 28 de novembro após passar quatro meses em uma carceragem do 5º Batalhão de Polícia Militar.
Apesar da decisão da Câmara, Berg Lima não poderá assumir o cargo porque foi proibido pela Justiça de voltar a Prefeitura.
MaisPB com Blog do Anderson Soares

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.