Header Ads

Anvisa aprova dois novos medicamentos para tratamento da hepatite C

Imagem ilustrativa/Carlos Severo/Fotos Públicas
A Anvisa aprovou dois novos medicamentos para o tratamento da hepatite C no Brasil.
A medida amplia as opções de tratamento da doença no país. 
Os dois remédios são voltados para adultos. Eles vão ser fabricados no exterior e importados por empresas privadas.
 O Zepatier é a associação os princípios ativos ELBAS-VIR e GRAZO-PREVIR, e pode ser usado para o tratamento de hepatite C crônica para genótipo 1 ou 4.
 Já o Harvoni associa os princípios ativos LEDI-PASVIR e SOFOS-BUVIR.
 Ele é indicado para o genótipo 1, também para hepatite C Crônica.

De acordo com o diretor-presidente da Anvisa, Jarbas Barbosa, os medicamentos contribuem para que o país consiga ficar livre da hepatite C.

Sonora: Porque vamos dispor medicamentos capazes de serem oferecidos para qualquer tipo de genotipo e em qualquer etapa da infecção da doença. Acesso mais rápido... serviços especializados

Barbosa afirma que a intenção é que o poder público incorpore esses medicamentos no SUS.

É o que mais espera a Associação Brasileira dos Portadores de Hepatite, segundo o hepatologista Rogério Alves.

A Hepatite C afeta entre 80 a 150 milhões de pessoas em todo o mundo, e é uma das maiores causas de transplante de fígado.

No Brasil, a estimativa é que existam mais de 1,4 milhão pessoas com a infecção crônica da doença. 

Agência Brasil


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.