Header Ads

Picuiense morre após sofrer grave acidente na PB-133


No início da tarde deste domingo (09), foi registrado mais um acidente automobilístico próximo a Damião, cidade localizada na Microrregião do Curimataú Ocidental e na Mesorregião do Agreste do Estado da Paraíba.

O sinistro acabou fatalizando o Picuiense José Balduíno Ferreira da Silva, funcionário da Escola estadual Professor Lordão, situada em Picuí, cidade localizada no Seridó Paraibano. Familiares, amigos e o corpo escolar estão chocados com o ocorrido

Informações colhidas pela nossa redação, dão conta que Balduíno, juntamente com seu colega Tállysson Henriques, de 20 anos, teriam se dirigido na manhã domingo por voltas das 5h00 da manhã, até Damião, com o interesse de realizarem uma troca de motocicleta Honda Broz de placa PJP-3752 de Itaberaba-BA, que pertencia ao Tállysson. 


Uma equipe do SAMU da cidade de Barra de Santa Rosa, que fica à poucos quilômetros de distância do Damião, esteve presente  no local do fato e socorreu Tállyson, que felizmente sofreu apenas escoriações leves e não precisou ser socorrido. Infelizmente, Balduíno já havia entrado em óbito, devido ter se chocado com uma árvore e ter sofrido uma enorme pancada na região da cabeça.

Confira a entrevista concedida com exclusividade à nossa redação pelo jovem Tállyson Henriques, que por um milagre, sofreu apenas escoriações leves e já encontra-se junto aos seus pais em sua residência.

"Vínhamos de vagar, conversando, e começou a chover. Lembro que disse a ele: vamos tomar um banho. Após isso, baixei a viseira do meu capacete, mas rapidamente percebi que estava ela estava embaçada por causa da chuva e a levantei rapidamente, mas ao levantá-la, percebi que já estávamos em cima da curva e que íamos cair.  Naquela momento, só ouvi Balduíno falando: Vamos morrer ! Após isso, senti um impulso nas minhas costas. Foi quando ele pulou. Com certeza ele pulou para tentar se livrar da queda. Ainda consegui segurar a moto por alguns metros, daí surgiu uma pedra e bati de frente com ela e cai da moto. Ao me levantar, corri para ver como ele estava. Ele ainda estava como se tivesse respirando, clamei por socorro, um caminhão parou e veio o motorista. Nesse momento, estava com ele em meus braços e percebi que ele tava morrendo. Foi horrível. Foi tudo muito rápido." Explicou o jovem Tállysson.

"Ele me ligou pela manhã, às 04:03min, para irmos juntos. Desde ontem tínhamos combinado que faríamos a viagem. Éramos amigos de verdade. Era muito difícil passarmos um dia sem nos vermos ou pelo menos nos comunicarmos. Preferia que eu quem tivesse morrido, e ele tivesse ficado pra contar a história..." Expressou.

O jovem encontra-se ainda em estado de choque.

Portal Picuí Hoje.



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.