Header Ads

Mãe e filho sofrem acidente na BR-104, próximo a cidade de Barra de Santa Rosa-PB


Na manhã desta terça-feira (11), mãe e filho sofreram um acidente automobilístico, na BR-104, na entrada da cidade de Barra de Santa Rosa-PB.

De acordo com o empresário cuiteense Pedro Falcão, ele e sua genitora estavam indo a Campina Grande, como fazem semanalmente, para realizar tratamento de saúd
e. Ainda segundo Pedro, a forte chuva e a pista molhada, teriam provocado o acidente.

O carro derrapou na pista molhada, capotou por diversas vezes  e caiu na ribanceira.
Apesar do  susto, as vítimas tiveram apenas escoriações pelo corpo e não correm risco de morte. Já o veículo, ficou parcialmente destruído.

Nas redes sociais, o empresário agradeceu o apoio e preocupação dos amigos e emitiu uma nota relatando o fato e desmentindo boatos sobre a causa do acidente, veja:



NOTA DE ESCLARECIMENTO
11 de abril 2017
Queridos amigos, gostaria de informar que apesar das circunstâncias de hoje estou bem. As 9 da manhã me deslocava juntamente com minha amada Mãe para a cidade de Campina Grande para mais um dia de batalha, todos sabem que ela luta contra um câncer. No caminho, passamos por uma chuva forte e mesmo com muita cautela nosso carro derrapou na pista vindo a capotar algumas vezes! Foi horrível a sensação, porém nada de ferimentos com gravidade, apenas algumas escoriações leves. Agradeci muito a Deus pelo livramento, pois o meu bem maior (mãezinha) estava praticamente intacta! Quero também agradecer o carinho de todos os amigos e familiares que se dispuseram e se solidarizaram com o ocorrido. Soube de vários boatos terríveis sobre este episódio alguns dizendo que eu tinha cochilado no volante ou que eu teria perdido o controle por causa de um urubu, até mesmo que eu estava a 180km/h... tudo falácia a prova é tanto que estamos aqui vivos e protegidos pelas graças do Pai. Um forte abraço a todos e que Deus continue a nos abençoar!
Facebook/PedroFalcão



Gustavo Camelo/ NoticiandoPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.